Onde está o seu tesouro? (Pr. Luiz A. Domingues – 13/07/15)

Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
” – Mateus 6:19-21

No inicio do ministério de Jesus Cristo, deu-se àqueles simples homens e mulheres que viveram naquela época o privilégio de não somente conhecerem de ouvir falar, mas de verem com seus próprios olhos o resultado de cada palavra, de cada toque de cada olhar de Cristo. Alguns chegaram a experimentar no sentido literal da palavra o sabor de um milagre: pães e peixes.

Qual é o sabor de um pedaço de pão ou um pedaço de peixe que, milagrosamente aparecem dentro de um cesto ao qual Jesus mesmo diz para dele tirarem para si o necessário, não pouco e nem demais, mas o necessário para lhes saciar a fome?

Aquele que tem o seu coração em Cristo Jesus não retém, mas distribui aos que não tem!

Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?” – João 6:9

E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos pelos que estavam assentados; e igualmente também dos peixes, quanto eles queriam.” – João 6:11

Aqui podemos observar que todos que estavam ali naquele lugar, querendo ouvir e ver os feitos de Cristo ou até mesmo, se tudo desse certo, estar perto dele e poder tocar, ficar frente a frente, ver sua face, sentir o seu toque, não tinham outro pensamento senão o bem.

É isso que acontece quando estamos com ele. Um amor contagiante!

Quando estamos com Ele, não há espaço para nada mais além daquilo que lhe agrada, a saber, primeiro o reino, primeiro os que precisam, primeiro os doentes e os que têm fome e sede, tanto de justiça quanto de alimento no sentido literal da palavra.

Se o nosso tesouro estiver Nele, as nossas necessidades serão acrescentadas por Ele: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” – Mateus 6:33, e se não forem acrescentadas, é porque para Ele, Cristo, não são nossas necessidades. Quando estamos com Ele, a sua graça nos basta. (2 Cor. 12:9)

Quando estamos com ele, seus pães e seus peixes nos sustentam! Quando estamos Nele e ele em nós, nosso tesouro é fazer sua vontade!

Aquele que tem o coração no mundo, não tem tempo de experimentar o melhor! O próprio Deus acaba ficando em segundo plano, sempre. Se perguntarmos para diferentes pessoas sobre o que é o melhor para ela, com certeza obteremos diversas respostas diferentes, pois para um o melhor pode ser diferente do melhor do outro.

Sonhos são diferentes, projetos, gostos, paladares, enfim são muito diferentes, pois tudo isso vem da diversidade e criatividade da criação pelas mãos do criador!

Porém, não sabemos aproveitar o melhor de Deus, pois Ele não esconde nossas bênçãos de nós, mas simplesmente, nós não as encontramos porque as buscamos longe Dele, e acabamos perdendo o melhor de Deus.

Há maravilhosas surpresas dentro do cesto! Há coisas dentro do cesto, as quais ainda não experimentamos o sabor porque nosso coração está longe do coração de Cristo, às vezes até imaginamos que poderemos não gostar de algo e acabamos não experimentando e assim vamos seguindo a vida sem colocar a mão no cesto e apanhar o que é nosso por direito, pois foi Cristo quem deu, mas preferimos recusar e corremos para o nosso tesouro pessoal.

Quanto mais perto do mundo, mais longe de Deus!

Saiba que, tudo o que construirmos aqui para nosso próprio deleite, vai ficar: casas, carros, roupas, sabedoria humana, jóias, enfim, isso tudo será consumido pela traça ou ferrugem e nos tirará um tempo precioso que poderíamos estar em constante aprendizado com nosso Senhor Jesus Cristo, ou até de sua presença eterna, portanto, ajuntemos tesouros diante de Deus em todo tempo para que no grande dia possamos apresentar-nos a Ele com honra e alegria por podermos, através de nossa fé e trabalho, retornarmos a Deus todas as vidas as quais confiou a cada um de nós!

Pr. Luiz A. Domingues
IMG-20150403-WA0001

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *